Tire todas suas dúvidas sobre remanufatura de cartuchos e toners

Tire todas suas dúvidas sobre remanufatura de cartuchos e toners

Já reparou que os termos “recargas” e “remanufatura” de cartuchos ou toners são utilizados frequentemente para deixar nítida uma distinção? Que não são sinônimos de um mesmo ato, que há uma diferença entre um e outro?

Mas está correta essa diferenciação? Há de fato uma diferença significativa entre recarga e remanufatura de cartuchos e toners que justifique o uso de termos específicos para cada um deles?

A diferença

O que diferencia a recarga da remanufatura de cartuchos e toners é que essa se trata apenas de uma mera reposição de conteúdo enquanto a remanufatura realiza um serviço mais completo: não só repõem a substância para impressão de documentos como limpa a peça retirando os resíduos do pó ou líquido da carga antiga, além de identificar e substituir itens defeituosos.

Ou seja, a recarga é nada mais do que um estágio do trabalho executado pela remanufatura.

A diferença em termos práticos

Mas qual a diferença no resultado final, isto é, na impressão de xerox de folhas, entre a recarga e remanufatura de cartuchos e toners?

A evidência mais notável diz respeito a qualidade das impressões e cópias.

Como um dos estágios da remanufatura é a limpeza, o procedimento evita a mistura nociva entre velhos e novos conteúdos, pois quando não limpo, o cartucho ou toner fica sujeito aos resíduos remanescentes da carga antiga, o que compromete a qualidade dos trabalhos de impressões e xerox.

Outro ponto favorável a remanufatura em relação a recarga refere-se ao serviço de manutenção dos componentes, trabalho que estende a vida útil do cartucho, o que reflete na economia com os gastos financeiros.

Quantas vezes um cartucho pode ser remanufaturado?

É difícil precisar a quantidade de vezes em que é possível remanufaturar um cartucho ou toner, porque as peças podem apresentar variáveis difíceis de mensurar. Por exemplo, quantas folhas já foram impressas utilizando-o? Por quantas recargas já passou? É o primeiro dono ou outros já vinham o usando há algum tempo?

Todos esses detalhes podem influir na extensão ou não da vida útil. O que é correto de se afirmar é que o cartucho ou toner remanufaturado costuma durar mais tempo que uma peça que apenas recebe recarga, porque o acúmulo de sujeira e o desgaste natural desta previsivelmente a deixam inoperante em menos tempo.

Como é o processo da remanufatura do cartucho e toner?

O trabalho de remanufatura do cartucho e toner segue os seguintes procedimentos:

Teste de impressão para verificar as condições em que o cartucho ou toner foi entregue para a manutenção e para servir de efeito comparativo após o serviço de remanufatura.

Em seguida o cartucho é desmontado peça por peça para se obter uma visão panorâmica e detalhada sobre o possível problema que o inutiliza;

A desmontagem facilita a etapa de limpeza, onde se retira os resíduos remanescentes da carga antiga evitando a mistura nociva de substâncias que compromete a qualidade das impressões e cópias;

O próximo passo é identificar as possíveis peças defeituosas e trocá-las por itens idênticos de outros cartuchos inoperantes, mas em razão de falhas díspares. Essa reutilização de componentes também pode ser depositado como outra vantagem da remanufatura em relação a recarga, pois o benefício ecológico é notório;

Por fim a recarga é executada e o cartucho remontado. E um novo teste de impressão é feito para conferir se o problema foi de fato resolvido.

Cartucho compatível e original

Outra distinção comum, normalmente acompanhada de recarga ou remanufatura de cartuchos e toners, é a questão se a peça é um cartucho compatível ou original.

Evidentemente, deve supor, com razão, que o “original” signifique um item saído diretamente do pólo industrial da fabricante do modelo de sua impressora, isto é, uma peça oficial, idêntica aos exemplares que acompanharam o aparelho que adquiriu da loja até a sua residência ou escritório.

O “compatível” é uma peça que a tecnologia de sua impressora reconhece e utiliza para exercer as funções que lhe são designadas como se o cartucho fosse original, no entanto o item não foi fabricado pela mesma empresa que produziu o aparelho. Assim como o original, o cartucho compatível também nunca foi utilizado e nem passou por processo de reciclagem. No entanto, uma vez que apresente uma falha e comprometa o equipamento de impressão, o risco de perder a garantia fornecida pela fabricante é considerável.

Conclusão

A remanufatura de cartuchos e toners se diferencia da recarga devido a natureza do trabalho ser mais completa e ecologicamente aceitável. O benefício direto ao consumidor é a garantia da qualidade da impressão e maior longevidade da vida útil da peça.

Se procura um local de referência para remanufatura de cartuchos e toners ou para aquisição de peças originais, os 15 anos de experiência e a clientela numerosa e fiel da SP.Com Informática a gabaritam como ótima opção a se avaliar. Venha conhecer nosso trabalho. Entre em contato.

Deixe uma resposta